Apresentação e Sumário

MONOGRAFIA A MALDIÇÃO FAMILIAR NO ABUSO SEXUAL INCESTUOSO E MAUS TRATOS (Uma proposta de Cura) Este espaço será destinado para a reflexão e transcrição da Monografia “A MALDIÇÃO FAMILIAR NO ABUSO SEXUAL INCESTUOSO E MAUS TRATOS (Uma proposta de Cura)”, apresentada no ano de 1997, para conclusão do Curso de Psicologia Junguiana (IBEHE-UNAERP). AGRADECIMENTO [Hoje … Continue lendo Apresentação e Sumário

Introdução

INTRODUÇÃO O presente estudo foi concebido a partir da dor de uma criança-adulto-ferida, vitimizada por abusos físicos, sexuais e psicológicos. Cada capítulo expressa uma dúvida acerca do próprio destino, constela uma viagem que penetra as profundezas dos sulcos de cada ferida. Uma travessia cujo norteador são as cicatrizes da Alma. Não se trata de um … Continue lendo Introdução

Capítulo II

CAPÍTULO II MAUS-TRATOS A Criança Abusada Fisicamente O presente capítulo, será iniciado pela voz de uma criança-ferida, no exato momento da agudez de sua dor. Para que o adulto possa ouvi-la e compreendê-la, tornando-se capaz de acolhê-la em seus braços humanos e em seu comprometimento profissional, uma vez que apenas se compromete aquele que foi … Continue lendo Capítulo II

Capítulo III

CAPÍTULO III A NEGAÇÃO DA SOMBRA NA NATUREZA HUMANA A “Desesperançada perda da Alma” da Humanidade” No presente estudo, as crianças-feridas ou crianças-adulto-feridas, por abuso sexual incestuoso ou maus tratos, são os Bodes Expiatórios de famílias feridas, que projetam suas dores e rancores nestas famílias feridas, que projetam suas dores e rancores nestas crianças escolhidas … Continue lendo Capítulo III

Capítulo IV

CAPÍTULO IV A CRIANÇA FERIDA COMO AZAZEL Estruturação egóica sombria do Complexo do Bode Expiatório O presente capítulo discutirá alguns aspectos da estruturação egóica do indivíduo ferido no qual o Complexo de Bode Expiatório é constelado, sustentando a premissa de que tais características são propiciadores para que a criança-ferida permita-se enredar-se em abusos contínuos, sejam … Continue lendo Capítulo IV

Capítulo V

CAPÍTULO V VÍTIMA SACRIFICIAL –AZAZEL, O IMOLADO A Vingança A presente discussão visa demonstrar que o sacrifício da criança, ou seja, do bode expiatório – Azazel, O imolado, acaba gerando um sistema retroalimentar, por intermédio de vítimas aleatórias, configurando que no retroalimentar, por intermédio de vítimas aleatórias, configurando que no universo psíquico uma vítima expiatória … Continue lendo Capítulo V

Capítulo VI

CAPÍTULO VI MALDIÇÃO FAMILIAR Dinâmica Familiar Intergeracional Sombria A partir das explanações anteriores, pode-se sinteticamente conceber o bode expiatório e a vítima sacrificial como catalisadores das potencialidades sombrias das pessoas que compõem seu grupo social. Portanto, conforme enuncia R. Girard, com uma função social preventivo-curativa da violência humana intrínseca. Tanto a vítima sacrificial como o … Continue lendo Capítulo VI

Capítulo VII

CAPÍTULO VII SEQUELAS I – GÊNESE DO BODE-EXPITÓRIO O Desenvolvimento Psicossomático Sombrio da Criança Ferida Neste capítulo será apresentado um Modelo de Base Somático para o entendimento da criança interior ferida, uma vez que a dor e a mágoa não expressas, em função do exílio emocional a que estão fadadas na infância, encontram-se paralisadas na … Continue lendo Capítulo VII